sábado, 14 de março de 2015

Há quem diga que para ter uma vida completa é preciso, entre outras coisas, plantar uma árvore. Essa pode ser a crença de apenas algumas pessoas, mas todos têm de concordar: a Terra seria muito feia sem essas amigonas. É só fechar os olhos e imaginar o planeta sem nenhuma floresta. "O mundo seria triste e morto", diz Felipe Alberto Protazio, 9 anos, de São Caetano.

Todos os seres vivos dependem das árvores de alguma forma. E isso não está ligado apenas ao fato de que elas transformam o gás carbônico em oxigênio. Na verdade, as algas marinhas são as principais responsáveis pela produção do gás que consumimos na respiração. Porém, isso não diminui a importância da árvore. Pelo contrário.

Ela é a casa e fonte de alimento de muitos animais - macacos, insetos, bicho-preguiça, esquilos, cobras, pássaros, entre outros. Tanto que algumas espécies, chamadas arborícolas, raramente descem do alto dos galhos.

"Nas árvores crescem frutos que a gente e os bichos podem comer", lembra Sabrina Martins Alves, 5 anos, de Diadema. É ainda a partir desses seres vivos que povos indígenas retiram ingredientes há milhares de anos para produzir remédios e curar doenças.

Tem mais - As árvores ajudam a levar a água das chuvas para os lençóis freáticos, que formam as nascentes, abastecem os rios e os mananciais. Protegem o solo, evitando a erosão e o deslizamento de terra nos morros.

Na área urbana, são fundamentais. As copas (parte superior da planta) absorvem grande parte dos raios solares, não permitindo que os edifícios esquentem demais. Por isso, o clima é mais agradável e o ar fica mais limpo e fresquinho em espaços arborizados da cidade. Elas também reduzem o barulho.

Especialistas afirmam que as pessoas ficam mais saudáveis e felizes em locais com bastante árvores.

Produtos - Ao longo dos tempos, a humanidade descobriu que o vegetal poderia fornecer matéria-prima para a fabricação de muitos produtos, como o papel. "Com o látex da seringueira, a gente faz a borracha", afirma Larissa Silva dos Santos, 9, de São Caetano. A indústria de cosméticos também aproveita substâncias produzidas pelas plantas.

A madeira permite a construção de casas, móveis, caixas, utensílios domésticos, entre outras coisas. Atualmente, há muitas pesquisas que estudam diferentes espécies para o desenvolvimento de remédios.

Para lembrar a importância
No Brasil, comemora-se o Dia da Árvore na terça (dia 21). A data foi escolhida por ser próxima ao início da Primavera, quando as plantas florescem e grande parte dos bichos se reproduz. Em outros países, o Dia Mundial da Árvore e da Floresta é celebrado em 21 de março.

Na opinião de Beatriz França Baffi, 10 anos, de São Caetano, a data é necessária para lembrar as pessoas sobre a importância da planta. "Se a gente não cuidar vamos ficar sem árvores. Isso iria prejudicar todos", diz.

Seres vivos como os bichos
A árvore é ser vivo como os animais e o homem. Nasce, respira, cresce, se reproduz e morre. Só que tudo isso acontece de formas diferentes. Surge a partir da semente que cai no solo ou é plantada. Em contato com a água, ela germina (quando a ponta da raiz aparece e tenta se fixar na terra). Em condições ideais, se desenvolve.

Algumas espécies demoram bastante tempo para crescer. Em outras, o processo de amadurecimento é mais rápido; é o caso do eucalipto, usado na fabricação de papel. Em apenas quatro anos, pode ser cortado.

A fotossíntese é a reação química pela qual a árvore produz o próprio alimento a partir da luz do Sol, retirando o gás carbônico da atmosfera e devolvendo oxigênio.

Cada um fazendo sua parte
Tem uma turma que, apesar da pouca idade, já se preocupa muito com a natureza. Victor Gomes Carvalho, 6 anos, e Sabrina Martins Alves, 5, ajudaram a plantar nove mudas de cerejeira (árvore muito bonita e popular no Japão) num parque próximo à Escola Municipal Santa Rita, em Diadema.

"É importante fazer isso porque assim os passarinhos podem fazer ninhos", explica Victor. Essa não foi a primeira vez que Sabrina plantou árvores. Ela ajudou a avó a colocar duas na frente de casa. "Ajudo a cuidar. Sempre dou água", conta.

Na Semef (Segunda Escola Municipal de Ensino Fundamental), em São Caetano, os alunos também plantaram um pé de manacá-da-serra no jardim. Todos poderão acompanhar o crescimento da planta. "Ficamos muito felizes por isso", garante Larissa Silva dos Santos, 9.

Árvores famosas
A sequoia é o ser vivo mais alto. Uma árvore encontrada nos Estados Unidos tem 115 m de altura. Pode viver mais de 2.000 anos.

A seringueira produz o látex, matéria-prima para fabricação da borracha. Foi muito importante para a economia do Brasil.

O pau-brasil foi a espécie brasileira mais explorada por conta da madeira de ótima qualidade. Chegou bem perto de ser extinta.

O baobá é encontrado na África, Madagascar e Austrália. Mede até 30 m de altura e armazena no tronco milhares de litros de água.

Como plantar
Ficou com vontade de plantar uma árvore? Saiba que isso deve ser feito com consciência. Antes, é preciso descobrir exatamente onde colocará a muda. Se for na frente de casa, deve-se tomar cuidado com a espécie escolhida. Nem todas podem ser plantadas. Algumas, por exemplo, têm raízes que crescem tanto que chegam a quebrar calçadas. Entre as mais indicadas para plantio na cidade estão a aroeira-pimenteira, oiti, manacá e resadá. (Consultoria de Aretha Medina, técnica de restauração do SOS Mata Atlântica)


Fonte: DiarioDoGrandeABC

0 comentários:

Postar um comentário

Mais lidas Todo blog