terça-feira, 25 de março de 2014

O avião desaparecido da Malásia caiu nos mares ao largo da Austrália e infelizmente na havia sobreviventes, anunciou nesta segunda-feira (24) o primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak em entrevista. Pouco antes, uma mensagem de texto foi enviada para os parentes das vítimas dizendo que o avião foi "perdido" sem deixar sobreviventes. "Devemos agora aceitar o que todas as evidências indicam: o avião caiu no Oceano Índico", dizia o texto, segundo a CNN.  Duas famílias dos passageiros do voo MH 370 haviam dito que a companhia aérea Malaysia Airline as chamou para uma reunião meia hora antes do pronunciamento do premiê malaio.
Paramédicos foram enviados para o hotel em Pequim onde estão várias famílias. A imprensa chinesa disse que algumas famílias estão se preparando para viajar à Austrália. Pouco antes, autoridades australianas afirmaram que um navio partiu na noite de domingo (23) em direção ao local no Oceano Índico onde um avião de vigilância avistou dois objetos que podem ser destroços do avião desaparecido. Um dos objetos é "verde ou cinza e circular" e o outro é "retangular e laranja", disseram as autoridades marítimas da Austrália.
No fim de semana, tripulantes australianos já haviam avistado um pallet de madeira e cintos de segurança numa área do gélido sul do Índico, que foi identificada depois de satélites terem registrado imagens dos possíveis destroços.Uma aeronave militar da China que participa das buscas pelo avião malaio desaparecido há mais de duas semanas também localizou na segunda-feira objetos flutuantes "suspeitos" nos remotos mares ao largo da Austrália, elevando as esperanças de que o Boeing seja encontrado logo.


Fonte: Cidade Dourados

0 comentários:

Postar um comentário

Mais lidas Todo blog